PEC 241 e suas raízes em 2005 e Regulamentação da TI

Brasília

Brasília

 

Olá ouvinte do Confianti. Hoje vamos falar da PEC 241 e da regulamentação da profissão de TI.

Mas antes vamos aos recadinhos:
Dia do Podcast
Dia 21/10 foi a o dia nacional do Podcast e como caiu na Sexta-feira, foi dia também da Podcast Friday.
Se ano passado, na comemoração de 10 anos do podcast no Brasil, tivemos concorrência pesada da chegada do Marty McFly finalmente a 2015, desta vez foi um ataque de DDoS feito ao provedor de hospedagem de grandes sites como Twitter e Netflix que impediu de conquistarmos uma melhor posição..

O engajamento desse ano foi fantástico, principalmente pela iniciativa do Léo Oliveira e da Thaineh da #PodosferaUnida em que 20 podcast trocaram seus hosts por um episódio e o resultado foi fantástico.

Vale a pena ressaltar o Marco Febrini que fez 25 entrevistas com podcasts diferentes e as publicou todas juntas… Eu fui um deles… fiquei muito feliz por ter participado.

Fora isso tem o sempre pró-ativo Pétrus na análise dos Grafos da interação das pessoas…

Enfim, muito foi feito e há muito por fazer mas fiquei muito feliz por todos os voluntários que se dispuseram a ajudar e coloboraram para esse ano ter sido animal.
Então queria indicar o podcast Alguma Coisa Cast do Febrini e suas incríveis 25 entrevistas e os podcasts da Podosfera unida… os links seguem no post do episódio.

Vamos rezar pela Venezuela

Congresso Venezuelano foi invadido por camisetas vermelhas pró-maduro. Enquanto o congresso venezuelano, comandado pela oposição tenta derrubar seu presidente manisfestantes, provavelmente pagos pelo governo penso eu, invadiram o congresso.

É sempre muito bom observar outros países latino-americanos para entendermos melhor olhando de fora como funciona o Brasil.

Lá o presidente Maduro assumiu no lugar do Chavez em uma manobra, no mínimo discutível, e que muitos consideram ilegal.

Fora isso, a gestão populista da era Chavez-Maduro levou o país a bancarrota quando o preço do petróleo despencou de mais de US$ 120,00 para menos de US$ 30,00. Isso quebrou tanto a Venezuela quanto Cidades e Estados no Brasil que dependem de petróleo como o Estado do Rio de Janeiro, tanto a Venezuela quanto o Rio tem em torno de 95% da receita vinda dos royalties do petróleo.
Com uma queda tão brusca nos preços houve quebradeira inclusive de empresas americanas. Para saber mais ouça o episódio sobre o preço do petróleo e seus impactos que já foi publicado.

A miséria causada por essa política dogmática e centralizadora está levando pessoas a miséria. Mais de 50 mil venezuelanos já cruzaram a fronteira e estão nesse momento pedindo asilo em Roraima, fora os que estão indo para Colômbia e outros países.

Os efeitos na Venezuela dessa política dogmática, no caso de esquerda, são equivalentes ao de desastres naturais… como o furacão Matthew fez no Haiti e que falaremos a seguir… Muito triste isso e sim, eu acho que precisamos rezar pela Venezuela.

Lá a oposição está tentando derrubar o governo a qualquer custo, mesmo que seja golpe… e para mim cabe a pergunta, vale a pena manter um governante que está deixando seu povo na miséria simplesmente porque ele tem esse direito, ou o golpe nesse caso é valido… não tenha dúvida que a oposição na Venezuela também é péssima. A pergunta que ficara para nós brasileiros: Será que estaríamos melhor com a Dilma ainda no poder??? Dá para perceber que na Venezuela quanto antes retirarem o Maduro do poder, melhor.
Agora falando do Haiti

As condições precárias do Haiti fizeram que o furacão Matthew causasse ainda mais estragos, as estruturas já fragilizadas do país em muitos casos viraram pó… o país sofre de falta de condições mínimas de higiene… Mas aqui cabe uma observação… poucos de nós se lembram do Haiti, e porque? É triste dizer isso, mas quem não aparece não é lembrado, seja economicamente, ou culturalmente o Haiti nos parece irrelevante, nós não temos um grande comércio e ao mesmo tempo pouco nos interessamos por sua cultura, já outros países como EUA e França tem ambos os laços… quantas pessoas nunca sonharam em visitar a França ou mesmo os EUA, eles nos metralham com seus produtos culturais como filmes, livros e séries… para os países culturalmente próximos são os que mais nos importamos, e isso explica muito porque vivemos de costas para o resto da Latino América. Se quisermos realmente nos tornarmos relevantes, precisaremos exportar outros produtos culturais além de imagens de belas praias, carnaval e mulheres sensuais. Precisamos nos tornar relevantes e olharmos para nossos vizinhos da mesma forma. Temos laços históricos com a África que fingimos que não existem e ignoramos, os mesmos laços que tem no Haiti…
E muito da miséria do Haiti foi provocada como represália pela França com bloqueios econômicos por sua independência…
Num mundo cada vez mais globalizado não adianta continuarmos de costas para nossos irmãos latino-americanos…
Vamos rezar pelo Haiti pela Venezuela e agir…

 

PEC 241

Muitos já discutiram sobre a PEC 241.

Infelizmente muitos deram opiniões muito enviesadas, eu pessoalmente não iria falar da PEC, mas após ouvir e ler alguns comentários, preferi falar também sobre esse assunto…

Vamos aos fatos:

– As primeiras solicitações por um controle do aumento de gastos do governo surgiram no governo Lula em 2005, propostas pelo ministro Palocci e defendida pelo Ministro Paulo Bernardo, marido da senadora Gleise Hoffmann, sim, a mesma que hoje ataca a PEC 241;
– a PEC 241 visa colocar um limite para evitar o aumento dos gastos públicos por 20 anos.
– Esse tipo de limitador existe em outros países como Alemanha, porém com um prazo mais curto, normalmente entre 4 e 8 anos;
– a decisão pelo prazo de 20 anos é justamente porque nas simulações feita em cima de alguns estudos mesmo 8 anos não seriam suficientes para reorganizarmos nossas despesas;
– Hoje o crescimento dos gastos em saúde e educação não foi acompanhado da melhora dos serviços, havendo, pelo menos em tese, espaço para melhoria da qualidade, eliminando desperdícios e desvios;
– A saúde no mundo tem aumento de custos acima da inflação há décadas por conta das novas tecnologias e é um dilema mesmo para as grandes potências… Como financiar uma saúde cada vez mais cara para a população?
– O envelhecimento da população é outro desafio, com a inversão da piramide etária cada vez menos pessoas estão trabalhando para sustentar a aposentadoria de cada vez mais pessoas, e os governos estão tendo de analisar como resolver essa equação;
– Os principais afetados pelo teto na educação serão as universidades federais e os Institutos Federais.

Aqui cabe uma pausa, eu fui aluno de um Instituto Federal e a profissão que hoje exerço foi aquela que aprendi lá… tenho profundo respeito pelos IFs e sei o quão importantes eles são para a mudança na vida de jovens carentes… Ao mesmo tempo, quero lembrar que esse remédio extremamente amargo não seria necessário senão tivessemos passado por um período de descontrole de gastos iniciados no governo Lula a partir do segundo semestre de 2008 para contrabalançar a crise mundial… a questão é que o governo deixou de ser pragmático e passou a executar plano econômico dogmático…
Se na história, o período em que a religião católica dominou o mundo ocidental com seu dogmatismo foi conhecido como idade das trevas o que você acha que aconteceria com uma economia dogmática??? Hein…

Pessoas que são contra a PEC 241 citam opções como baixar juros, auditar a dívida ou mesmo a taxação de grandes fortunas… vamos a eles:

– Baixar Juros depende de confiança de mercado, durante a gestão Dilma o Banco Central reduziu artificialmente nossos juros da SELIC e o resultado foi esse que você viu… 12 milhões de desempregados… mas tem gente que não quer ver…

– Auditar a dívida externa, mais uma vez, questionar o pagamento da dívida pode levar a calote e lítigio judicial, vamos pensar no que aconteceria com o Brasil… basta olharmos o que aconteceu na Argentina durante o governo Kirchner contra os fundos abutres, ou mesmo olhar na nossa histórias as diversas vezes que demos calotes e os resultados nefastos que eles criaram… Putz… tem muito professor de universidade que deveria estudar um pouco mais de história antes de opinar ideologicamente como se estivesse propondo algo novo… mas deixa para lá;

– E por último taxação de grandes fortunas… esse eu sou favorável… só que para isso acontecer tem que ser uma ação conjunta de vários países e principalmente tem que ser exequível… da forma como está atualmente só vai afastar os investimentos… não adianta simplesmente querer algo porque quer… tem que analisar friamente… que mais importa… os mais necessitados trabalhando ou termos uma lei mais severa com grandes fortunas que vai afastar o investimento e deixar gente desempregada???

Regulamentação da Profissão de TI

Links

Podcasts do Dia do Podcast

ACC – AlgumaCoisaCast Especial

Fermata

Anticast 258

Coachcast #160 – Podcaster Empreendedor

Galera do Rau – Sala de Justiça Especial

Curva de Rio – #DiaDoPodcast

Venezuela

Congresso Venezuelano quer colocar o presidente maduro em julgamento

Manifestantes Invadem Congresso Venezuelano

Haiti

Situação HAITI

PEC 241

Tabelas do Banco Central – Banco Central do Brasil

E se tivessemos ouvido o Palocci? – 07/06/2016 – Terraço Econômico

Presidente estuda “flexibilizar” gastos sociais – 23/10/2006  – Federação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil

Paulo Bernardo defende CPMF e contratação de servidores – 05/09/2007 – Gazeta do Povo

Paulo Bernardo defende maior controle com cartão – 14/02/2008 Bonde

Paulo Bernardo diz que aumento de 56% para servidores do Judiciário é ‘meio delirante’ – 09/11/2010 – O Globo

Carta Capital

Gasto do Brasil com juros da dívida pública é o 3º maior do mundo, aponta FMI – Jornal GGN citando a folha – 2013-11-03

Regulamentação da área de TI

Mundo Conectado

A REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DE TI PODERÁ SER EM BREVE!  -Marco Andrade

14 motivos para ser contra a regulamentação da área de TI – Profissionais TI

Ficha de tramitação PL 4408/2016- Câmara dos Deputados

Ficha de tramitação PL 3065/2015 – Câmara dos Deputados

Ficha de tramitação PL 5101/2016 – Câmara dos Deputados